segunda-feira, 4 de março de 2013

Propósito!

Por um momento, pensemos no relógio.
O relógio tem um propósito: marcar as horas, os minutos e até os segundos. E cada peça dentro dele tem um sentido de ser, um significado para existir, um propósito: todas as peças unidas fazem o relógio funcionar.
Nós também temos nosso propósito de existir. Temos uma missão ou tarefa a cumprir na sociedade, na comunidade e em meio a nossa família. Temos a vida toda para conhecer e exercer nosso propósito, pois só assim, daremos maior significado a nossa existência.
Então, qual é o seu propósito?
No campo profissional, o médico tem o propósito de manter ou salvar vidas; o engenheiro civil de construir edifícios; o palhaço de fazer rir a quem o assiste e quem o assiste e gosta de dar boas gargalhadas, tem o propósito de motivá-lo com aplausos. Também em cada passo que damos progressivamente em nossa profissão, nos alegramos, pois estamos cumprindo com nosso propósito: crescer e evoluir sempre, alcançando sucesso!
Na dimensão espiritual, quando rezamos, é porque temos o propósito de nos ligar ao divino, a Deus.
Na dimensão afetiva, quando abraçamos a esposa e os filhos, é porque temos o propósito de sermos próximos, de amar.
Assim é a nossa vida, repleta de propósitos.
Se desperte para o seu propósito e cumpra com sua parte para que ele se realize e acredite que você haverá de realizá-lo. Ouça as pessoas que podem lhe iluminar e motivar para que você alcance sua meta. Você também pode ouvir aquelas pessoas que não entendem seu propósito e, por isso, vão lhe desmotivar. Penere o que elas dizem e transforme aquelas palavras em estímulo: "aquela pessoa disse que não é possível eu alcançar minha meta. O que vou fazer? Me deixar levar pelo que ela me diz. Não nasci para ir na onda de quem olha a vida com olhar de quem já desistiu de viver. Nasci e existo para um propósito. Então, vou mostrar que posso alcançá-lo. Vou provar que consigo. Nasci para superar os desafios e não para sucumbir a eles". Sim, eu posso!

Sinal Verde

De fato, estamos sempre à espera de um sinal verde.
Sinal verde para atravessar a rua, quando estamos à pé;
Sinal verde para atravessar cruzamentos, quando estamos motorizados;
Sinal verde para seguir à frente.
Ir além do ponto de onde nos situamos. Alcançar objetivos, saber o que há além do horizonte. E quando já estamos próximos de alcançar a meta desejada, nos enchemos de expectativa: "É agora! E agora?", nos perguntamos. Daí poderá vir uma decepção, pois achamos que não era bem isso ou aquilo que planejávamos encontrar. Como também poderá vir o êxtase, a satisfação, pois chegamos ao ponto desejado e encontramos exatamente o que esperávamos ou o que não esperávamos encontrar, superando nossas expectativas prévias.
Mas todo esse caminho teve início com um sinal verde, onde alguém ou algo lhe motivou a seguir em frente. No mesmo momento, talvez, tivesse encontrado pessoas que lhe desmotivaram, mas você acreditou no caminho e na meta, focou e seguiu em frente. Você se deu um sinal verde!
Portanto, faça isso por você. Hoje se dê um sinal verde para seguir em frente na vida. Se dê um sinal verde para melhorar seu relacionamento com a família, para um bom bate papo com os amigos, para desenvolver seus dons no exercício da caridade, por que não?
Se dê um sinal verde para ser apoio para alguém e não pedra de tropeço, pois não precisamos de mais pedras do que as que já temos de lidar. Aliás, temos de superar as pedreiras que vão surgindo diante de nós. Então, se dê um sinal verde para a superação das crises e dos problemas cotidianos.
Se dê um sinal verde para o sucesso! Para as vitórias que, de certo, são suas, se você acreditar que pode vencer, ou melhor, que já é vitorioso. Acredite no seu potencial, nos dons que possui, tenha um foco, um objetivo e busque alcançá-lo, mas já se sentindo vitorioso por cada passo que dá.
Sinal verde sempre!